Cuanza Norte: FAA presta assistência às populações do Zenza do Itombe

brigadeiro Francisco André, comandante da Servidão Militar do Exercito do Zenza do Itombe (Foto: Estevão Manuel)

O contributo e a servidão militar do Exército no apoio assistencial às populações da localidade de Kadiakixe, comuna de Zenza do Itombe, município de Cambambe, província do Cuanza Norte, foi destacado hoje, naquela região, pelo comandante da referida unidade militar, brigadeiro Francisco André Ndalu.

Segundo o oficial das Forças Armadas Angolanas (FAA), que falava no acto de abertura do período de preparação combativa do ano de instrução 2016/2017, as populações que residem na localidade de Kadiakixe têm beneficiado da assistência médica e medicamentosa dos serviços de saúde da referida unidade militar, bem como do fornecimento de água potável.

Acrescentou que a sensibilização e educação das comunidades sobre a prevenção de calamidades naturais, doenças sexualmente transmissíveis, a evacuação de doentes e sinistrados para os hospitais são outras das acções que a unidade militar tem levado a cabo em benefício da população.

Além dessas acções, Francisco Ndalu adiantou que a instalação da unidade na região veio devolver o sentimento de segurança às populações.

“ A vinda desta unidade para este território de Kadiakixe traz muitos ganhos para esta população, entre os quais, a assistência médico-medicamentosa, o fornecimento de água potável, embora de uma maneira deficiente”, frisou.

Assegurou que o efectivo das FAA em parceria com a administração comunal do Zenza do Itombe têm desenvolvido acções de sensibilização dos cidadãos que se “infiltram” no interior do território reservado às unidades militares com diversos pretextos, entre os quais o abate indiscriminado de árvores e animais.

A servidão militar do exército foi criada a quatro anos na comuna de Zenza do Itombe município de Cambambe, província do Cuanza Norte, numa área de 50 quilómetros quadras, no limite entre as comunas da Cerca, no município do Golungo Alto (Cuanza Norte) e Cassoneca, município de Icolo e Bengo, província de Luanda, no âmbito do processo de reedificação das FAA. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA