Cuanza Norte: Apresentado novo juiz presidente do Tribunal Provincial

Magistrados judiciais na cerimónia de apresentação do novo juíz -presidente do Tribunal Provincial (Foto: Diniz Simão)

O novo juiz presidente do Tribunal Provincial do Cuanza Norte, Docílio Joaquim Sebastião Bento, foi apresentado nesta quarta-feira, em Ndalatando, aos membros do governo da província, em cerimónia orientada pelo vogal do Conselho Superior da Magistratura Judicial, Inácio Paixão.

Docílio Bento substitui Maria José Domingos Cristão Pacavira, que exerceu a função de Juiz Presidente do tribunal local por quase 21 anos.

Na ocasião, Inácio Paixão que procedeu à apresentação do novo juiz, solicitou maior apoio do governo local para o êxito das tarefas incumbidas ao novo responsável.

Por sua vez, o vice-governador provincial do Cuanza Norte para o sector político e social, José Alberto Quipungo, garantiu total apoio ao juiz Docílio Bento, com vista a materialização dos objectivos à frente do Tribunal Provincial.

Solicitou ao novo juiz presidente que coloque a sua experiência em prol do desenvolvimento do direito e da justiça.

Reconheceu, por outro lado, o papel desempenhado pela juíza Maria José Pacavira, enquanto Juíza Presidente do referido Tribunal, na aproximação da justiça aos cidadãos, a nível da província.

Por seu turno o novo juiz presidente do Tribunal Provincial, Docílio Bento, disse que espera contar com apoio de todos magistrados do tribunal local, das instituições governamentais e funcionários deste órgão judicial.

Para o magistrado todo o trabalho inerente a administração e celeridade da justiça constitui prioridade, com vista a levar avante a justiça a nível da província do Cuanza Norte.

O novo juiz presidente do Tribunal Provincial do Cuanza Norte foi igualmente apresentado aos magistrados judiciais, do ministério público e aos funcionários do órgão judicial.

No âmbito da cerimonia de apresentação, Docílio Bento e a delegação que o acompanhou mantiveram igualmente encontro de cortesia com o comandante provincial do Cuanza Norte, Simão Inglês, seguido de visitas as instalações dos Serviços de Investigação Criminal, Prisionais, órgãos de justiça militar e ao edifício das três “AAA”, imóvel que vai albergar, futuramente, o tribunal provincial. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA