Congo será isolado do mundo durante eleição presidencial do domingo

(AFP)

As autoridades congolesas anunciaram, neste sábado, um corte de todas as telecomunicações durante 48 horas, apontando como motivo a eleição presidencial de domingo, na qual o presidente em fim de mandato Denis Sassou Nguesso se apresenta à reeleição, após mais de 32 anos no poder.

Serão cortadas “todas as comunicações” no domingo e na segunda-feira para evitar a “publicação ilegal” de resultados, informou à AFP uma fonte governamental.

O ministro do Interior pediu aos operadores de telecomunicações para “bloquear, por razões de segurança nacional, todas as comunicações, incluindo os SMS, durante todo os dias 20 e 21 de Março”, em uma carta consultada pela AFP.

“Esta decisão não obstrui em nada a votação, nem o acesso da oposição aos resultados”, assegurou a fonte governamental.

Os eleitores congoleses comparecerão às urnas no domingo para eleger o primeiro presidente de uma ‘Nova República’ instituída após uma mudança da Constituição que permitiu a Sassou Nguesso apresentar-se à reeleição. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA