Como será o mundo em 2116

(YAHOO)

Você gostaria de viver em uma colónia lunar, em uma casa no fundo do oceano, ou em um edifício construído centenas de metros embaixo da terra?

Tudo isso será possível em 2116, de acordo com um novo relatório de arquitectos e cientistas espaciais como a Dra. Maggie Aderin-Pocock.

A pesquisa ‘Future Living’ (Vida no Futuro, em tradução livre) da Samsung Smart Things sugere que “arranha-terras”, cujo nome foi inspirado nos arranha-céus, serão comuns com a oferta reduzida de espaço nas cidades.

O relatório diz, “Assim como nós colonizamos o horizonte urbano, também iremos construir embaixo da terra. Em 100 anos veremos a introdução dos “arranha-terras”, estruturas subterrâneas de diversos andares construídas sob o solo”.

O relatório também sugere que os edifícios serão “inteligentes” – aptos a reposicionar as paredes internas em resposta aos comandos de seus donos.

As pessoas serão constantemente auxiliadas por “servos” com inteligência artificial – e todos os aparelhos irão responder às nossas ordens.

Um edifício de 300 metros que será construído embaixo da terra já está sendo planeado na Cidade do México.

(YAHOO)
(YAHOO)

“Os quartos terão diferentes funções; paredes, pisos, telhados, tudo terá uma tecnologia incorporada permitindo que eles mudem de posição dependendo da actividade (como por exemplo tornando o quarto menor e a sala de estar maior para receber convidados),” diz o relatório.

E nossas casas também poderão ser BEM mais longe do que imaginávamos, já que a pesquisa prevê que em 2116 os primeiros humanos estarão vivendo na lua (e talvez até em outros locais do espaço).

O relatório diz, “A mineração de asteróides irá se tornar uma empreitada comercial viável e com estas mudanças é bem provável que comunidades comecem a se desenvolver na lua – testando a nossa habilidade de viver longe da Terra, mas ainda mantendo uma proximidade confortável – e depois mais longe, em Marte, onde correntes de água subterrânea podem ser encontradas.” (YAHOO)

Blog de Rob Waugh no Yahoo

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA