Chuvas torrenciais deixam milhares sem casa no Peru

(EURONEWS)

O governo do Peru mobilizou o exército para as zonas mais afetadas pelas chuvas torrenciais e ventos fortes do fim de semana.

A estação das chuvas, somada à subida das temperaturas oceânicas – o fenómeno “El Niño” – provocou dezenas de aluimentos de terras, submergindo várias povoações em 16 regiões do país.
PUBLICIDADE
inRead invented by Teads

Pelo menos duas pessoas morreram e cerca de três mil ficaram desalojadas, quando as enxurradas violentas destruíram 65 pontes e estradas.

Quase um milhar de militares foi mobilizado para tentar reabrir a estrada de acesso à capital, submersa pelas águas do rio Rímac, assim a principal linha de caminho de ferro da região.

No norte do país, os militares tentam igualmente socorrer as dezenas de milhares de pessoas afetadas pela subida das águas nas zonas costeiras de Tumbes e Piura.

O mau tempo continua no entanto a ameaçar os trabalhos de limpeza, quando os meteorologistas prevém uma nova vaga de chuvas torrenciais de quarta até sábado. (EURONEWS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA