Prossegue a operação antiterrorista para capturar suspeitos de um tiroteio em Bruxelas

(AFP/Getty Images)

Está em curso uma “caça ao homem” em Bruxelas depois de a polícia ter sido recebida a tiro durante uma rusga, esta terça-feira, na capital belga, no quadro das investigações aos atentados de Paris, informaram as autoridades.

Segundo a imprensa local, quatro agentes ficaram feridos num tiroteio com homens armados, que se puseram em fuga por entre os telhados das habitações. Um suspeito foi entretanto abatido e outros dois continuam em fuga, avançou a televisão pública RTBF. O homem abatido será um belga de origem marroquina, afirmam as mesmas fontes.

Três polícias belgas e uma mulher-polícia francesa ficaram feridos na operação, que prosseguia noite dentro na capital belga, informaram as autoridades.

Um perímetro de segurança foi instalado em parte do bairro de Forest, no sul de Bruxelas, para facilitar os trabalhos da polícia nesta vasta operação antiterrorista em que as autoridades belgas contam com o apoio de elementos da polícia francesa.

Testemunhas dizem ter ouvido dois tiroteios com cerca de meia de hora de intervalo. Um residente afirma ter escutado a segunda troca de tiros, próximo de uma igreja e de uma escola, depois do autocarro onde seguia ter sido evacuado.

Segundo a imprensa francesa, as autoridades pensavam que a casa onde iam realizar a busca estaria vazia. (EURONEWS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA