Bruxelas: Pelo menos 23 mortos e 35 feridos em explosões. Alerta máximo

(EURONEWS)

As autoridades belgas pedem à população para não sobrecarregar a rede de telemóveis com chamadas. Utentes devem usar SMS e redes sociais na Internet. Os transportes públicos foram interrompidos. Autoridades pedem à população para não se deslocar por enquanto.

  • Duas explosões no terminal das partidas Do aeroporto Zaventem em Bruxelas
  • Explosões nas estações de metro Schuman e Malbeek
  • Balanço provisório : 23 mortos e dezenas de feridos, segundo a imprensa belga
  • Nível 4 do plano de alerta anti-terrorista em todo o país
  • Causa das explosões ainda não foi esclarecida pelas autoridades 
As autoridades belgas divulgaram um novo número de emergência para informações às famílias e próximos dos passageiros do aeroporto: A partir de Angola e Portugal ligue: 00 32 2 506 47 11

Várias explosões em Bruxelas esta manhã, no aeroporto, e numa estação de metro perto das instituições da União Europeia fizeram pelo menos 23 mortos e 35 feridos, segundo o canal belga VRT.

O Centro de Crise belga pede às pessoas que não se movimentem, não saturem as linhas telefónicas comunicando preferencialmente por SMS e redes sociais.

As autoridades declararam o estado de alerta máximo. (EURONEWS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA