Birmânia inicia uma nova era política

(EURONEWS)

Htin Kyaw tomou posse como presidente da Birmânia. Economista de formação, o homem de confiança de Aung San Suu Kyi prestou juramento numa cerimónia no Parlamento onde prometeu “ser fiel ao povo.”

A tomada de posse marca o início de uma nova era no país depois de décadas de domínio militar. O nome de Kyaw foi proposto pela Liga Nacional para a Democracia de Suu Kyi. Acabou por ser eleito, em meados de março, por mais de metade dos votos dos deputados.

Pouco depois foi a vez de Aung San Suu Kyi e dos restantes 17 ministros prestarem juramento. A Nobel da Paz vai assumir quatro dos 21 ministérios, entre eles o dos Negócios Estrangeiros e da Educação. Nas mãos dos militares vão ficar as pastas do Interior, da Defesa e da Segurança Fronteiriça.

A líder da Liga Nacional para a Democracia, venceu as primeiras eleições livres e democráticas do país em 25 anos, realizadas em novembro, mas foi impedida de se tornar chefe de Estado devido a um artigo na Constituição que deixa de fora as pessoas casadas ou com filhos de nacionalidade estrangeira. (EURONEWS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA