Bélgica: “Marcha contra o medo” adiada por temor de novos ataques

(EURONEWS)

A “marcha contra o medo” prevista para este domingo em Bruxelas foi cancelada face ao alerta terrorista, de nível 3 em 4, em vigor na capital belga.

Os organizadores acataram esta tarde o apelo das autoridades, expresso pelo ministro do Interior e pelo edil de Bruxelas, para que a população adie a manifestação.

Segundo o presidente da Câmara, Yvan Mayeur:

“Nós partilhamos a emoção da população e pedimos que deixem trabalhar todos os serviços do Estado e que esta manifestação, que estimo bastante, como muitos de entre nós, seja adiada para daqui a algumas semanas”.

Quatro dias após os atentados e segundo a imprensa belga, 22 suspeitos de jihadismo julgados atualmente à revelia em Bruxelas continuam a monte.

Alguns dos suspeitos detidos nos últimos dias pertenceriam a esta rede, com ligações à Síria e liderada por Khalid Zerkani, condenado em Julho a 12 anos de prisão. (EURONEWS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA