Autoridades gregas apelam à cooperação dos refugiados

(EURONEWS)

Na Grécia as tensões permanecem elevadas no campo de refugiados de Idomeni na fronteira com a Macedónia.

Na sexta-feira, a violência marcou presença durante a distribuição de alimentos e vestuário.

As autoridades gregas vêem-se a braços com uma situação sem precedentes. Só neste campo encontram-se mais de 12 mil pessoas que pretendem seguir viagem em direção ao norte da Europa.

A Macedónia contudo encerrou a fronteira impedindo o fluxo de refugiados.

“Há pessoas que conseguem quatro ou cinco sapatos, outros, nada. E sempre que isto acontece há violência, as pessoas lutam por sapatos. Sempre que eles dão qualquer coisa ou comida, há violência”, afirma Sabah, um refugiado iraquiano no campo de Idomeni.

Este sábado, as autoridades gregas distribuiram um panfleto no qual anunciam o fecho da principal via de acesso ao norte da Europa.

Na mensagem, as autoridades apelam aos refugiados para cooperarem com a polícia durante o processo de realocação para outros campos porventura com melhores condições. (EURONEWS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA