Atentado suicida contra cristãos provoca 69 mortos e 300 feridos no Paquistão (vídeo)

(EURONEWS)

Pelo menos 69 pessoas morreram e mais de 300 ficaram feridas num atentado suicida, este domingo, na cidade de Lahore, no Paquistão.

O atentado foi reivindicado pelo grupo talibã Jamaat ul Ahrar que disse que a ação tinha como alvo os cristãos.

A explosão ocorreu no parque de diversões Gulshan-e-Iqbal, um local popular entre os membros da comunidade cristã de Lahore, muitos dos quais tinham ido lá para celebrar o fim de semana de Páscoa.

O suicida fez-se explodir perto da zona de jogos para crianças, pelo que a maior parte das vítimas são crianças e mulheres.

“Eu carreguei vinte crianças que foram para o hospital. Levei três corpos para um carro da polícia. No momento da explosão as crianças estavam a andar no carrossel e a brincar. A comunidade cristã estava aqui para celebrar a Páscoa. Muitos cristãos vêm aqui neste tipo de ocasiões. Eu não consigo explicar-lhe como a cena é trágica,” afirma uma das testemunhas do atentado.

No Paquistão, ao longo da última década, cristãos e outras minorias religiosas foram por diversas vezes alvo de ataques de militantes islâmicos.

Muitos cristãos acusam o governo paquistanês de pouco fazer para os proteger e melhorar a segurança.

Os Estados Unidos, através do porta-voz do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, Ned Price, e Portugal, através do ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, já condenaram o ataque. (EURONEWS)

por Luís Guita

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA