Angola precisa de homens comprometidos com o bem estar da sociedade – bispo Manuel Inocêncio

Fiéis da plataforma UIESA (Foto: Henri Celso)

O presidente da União das Igrejas do Espírito Santo em Angola (Uiesa), bispo Manuel Inocêncio de Sousa, considerou hoje, sábado, que Angola precisa de homens comprometidos com o bem estar da sociedade e trabalhem para o desenvolvimento do país.

O líder religioso fez este pronunciamento quando fazia a abertura da reunião extraordinária para a organização e estruturação da Uiesa, tendo afirmado que esta plataforma religiosa vai passar para uma nova fase de conquista.

Afirmou que “uma unidade pode fazer a diferença no meio da multidão, pois para Deus o mais importante é a qualidade e a integridade de cada ser humano, uma vez que estamos a viver num momento crucial da história de Angola e da humanidade com a semana santa a qual culminará este domingo com a celebração da Páscoa”.

De acordo com o bispo Manuel Inocêncio, no dia 12 do corrente mês a Uiesa realizou uma reunião magna para arrancar com aquilo que seria no fundo o suporte para uma caminhada de sucesso, mas infelizmente sofreu um duro golpe ao ser abandonada por pessoas que estavam a frente desta acção.

A Uiesa conquistou espaço a nível internacional e criou raízes para criar espaços em várias partes do mundo e dentro desta mesma linha se abriu para outras plataformas religiosas e igrejas independentes para se poder criar uma pirâmide para que a igreja venha a tomar o seu lugar neste país e para que os lideres religiosos amanhã possam engrossar o aparelho de Estado para aconselhar, sendo preciso uma participação directa.

No encontro o bispo apresentou o Comité Director constituído por 15 líderes religiosos de diversas denominações que irá gerir os trabalhos da Uiesa até a realização da sua Assembleia Geral.

Este comité será coordenado pelo Apóstolo Victor David Segunda, e integrado por Zacarias Sambo, Mateus João, Sócrates Justino João Manuel, Félix Apombo, José Solo, Osvaldo da Silva Manuel Campos, Rogério Dakassi Tozolono, Nzuaco Malaquias, Jeremias António Teca, Miguel Sebastião “ Quimbenji”, Paulo Jorge Mussoço Camilo, Maria da Conceição Catumbila, Maria Manuel Lourenço e Maria de Fátima Tavares.

Na ocasião foi igualmente decidido que a sede da Uiesa, localizada no município de Belas, bairro do Camana, será inaugurada na próxima sexta-feira as 10h00.

A Uiesa congrega no seu seio mais de 100 denominações religiosas sediadas em Angola. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA