Rússia nega bombardear civis na Síria (vídeo)

(EURONEWS)

A Rússia rejeita estar a atingir civis nos bombardeamentos que leva a cabo na Síria.

A afirmação foi proferida na conferência de segurança de Munique pelo primeiro-ministro Dmitri Medvedev, numa resposta ao homólogo francês, Manuel Valls.

Medvedev salientou, por outro lado, que uma cooperação regular com os Estados Unidos permitirá resolver crise síria.

Não existem planos secretos, disse. “A Rússia não tem objetivos secretos que vão para além daquilo que já afirmámos. Estamos a lutar porque muitas das milícias a combater no terreno são constituídas por russos que depois poderiam regressar e cometer atentados. Estas pessoas têm que ficar lá”, explicou.

Manuel Valls foi claro quando fez referência aos bombardeamentos russos. Para o chefe de governo francês há uma condição para a paz florescer. “Para encontrarmos o caminho da paz e das negociações o bombardeamento de civis tem que terminar”, referiu.

Também presente na conferência, o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, afirmou que a vasta maioria dos bombardeamentos russos têm atingido grupos legítimos da oposição. (EURONEWS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA