Profissionais das empresas de electricidade dos países membros da SADC reúnem-se em Luanda

Bandeira da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (Foto: Angop)

Um encontro dos profissionais das empresas de electricidade dos países membros da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) realiza-se de 22 a 24 deste mês, em Luanda, numa organização da Rede Nacional de Transporte de Electricidade (RNT.EP).

De acordo com uma nota de imprensa da Rede Nacional de Transporte de Electricidade (RNT.EP), que Angop teve acesso hoje, quinta-feira, o encontro acontecerá no Centro de Convenções de Talatona, e está inserido na 46ª Reunião dos Órgãos da Pool Energética da África Austral (SAPP).

Segundo a nota, o encontro pretende avaliar o nível de fornecimento de electricidade para atender a procura, cada vez mais crescente na região, bem como promover as interligações dos sistemas eléctricos da região.

O documente acresce que, durante os três dias, os membros dos diferentes subcomités de trabalhos serão informados sobre “Os grandes projectos estruturantes em Angola, referentes ao sector eléctrico”, “Análise sobre a situação actual referente a procura e a oferta de energia eléctrica na região”, “Os desafios enfrentados na implementação de projectos pelos membros da SAAP”, O processo de desenvolvimento da nova plataforma de mercado de electricidade da SADC” e “Os progressos alcançados pelos membros relativamente à implementação do mecanismo de desenvolvimento limpo e outros assuntos, inscritos na ordem do dia”.

“À margem da 46ª reunião, será também realizada a 1ª Feira Regional de Electricidade da SADC em Angola, com a participação de 40 expositores”, lê-se na nota.

A SAPP foi fundada em Agosto de 1995 durante a Cimeira da SADC que teve lugar em Kempton Park na África do Sul onde os Estados membros, com a excepção das ilhas Maurícias, assinaram o Memorando de Entendimento Inter-Governamental, com vista a criação de uma pool regional de electricidade denominada Pool Energética da África Austral.

Os ministros responsáveis pela energia na SADC, assinaram o Memorando de Entendimento Inter-Governamental Revisto, ao 23 de Fevereiro de 2006.

A SAPP reagrupa 12 países: África do Sul, Angola, Botswana, Lesoto, Malawi, Moçambique, Namíbia, RDC, Suazilândia, Tanzânia, Zâmbia e Zimbabwe, representados pelas suas respectivas empresas de electricidade.

A organização surgiu para facilitar o desenvolvimento da região austral da África pela interligação dos sistemas eléctricos e tem apenas a RNT-E.P. (Angola), a ESCOM (Malawi) e a TANESCO (Tanzânia), como membros não interligados no sistema.

A SAPP orienta-se por três acordos: o Memorando de Entendimento Inter-Governamental que cria a SAPP, o Memorando de Entendimento entre as Empresas que estabelece os princípios básicos de gestão e operação da SAPP, o Acordo entre membros interligados que estabelece as regras de cooperação e de preçário, e as Normas de Operação que providenciam padrões de Operação do Sistema Eléctrico Regional. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA