Postos de vacinação no Belas continuam a registar enchentes

Campanha de Vacinação contra a Febre Amarela no hospital municipal do Zango (Foto: Joaquina Bento)

Os locais de vacinação contra a febre amarela no município de Belas, em Luanda, continuam a registar grandes aglomerados de pessoas , desde as primeiras horas do dia , mesmo com a abertura de mais postos, segunda- feira, pelas autoridades locais.

A campanha iniciou sexta-feira com 10 postos, mas devido a enchente as autoridades criaram mais 14, totalizando 24, para possibilitar maior cobertura vacinal na circunscrição durante dez dias.

De acordo com a administradora municipal adjunta do município de Belas para a área Social e Comunitária, Antónia Ferreira, que falava hoje (quarta-feira) à Angop, a enchente devem-se à população proveniente de outros municípios ávida de ser vacinada.

Considerou que apesar de se constatar ainda um número elevado de populares nos locais de vacinação, pode-se dizer que o cenário evidenciado nos primeiros dias melhorou bastante em termos de organização.

Apelou aos munícipes que cumpram também as regras de prevenção como usar mosquiteiro, evitar o lixo e água estagnada e outras formas de reprodução de mosquitos.

No município de Belas, desde o início da campanha, que termina domingo, já foram vacinados cerca de 300 mil cidadãos, um terço da meta pretendida, de acordo com as autoridades sanitárias locais.

O director municipal de Saúde de Belas, Domingos Cristóvão, disse que com a criação de mais postos de vacinação, o trabalho têm sido dinamizado e triplicou o número de cidadãos vacinados diariamente de 120 para trezentos a quatrocentos.

O município de Belas tem uma população estimada em 753.000 habitantes, nas comunas da Camama, Futungo , Benfica, Ramiro, Barra do Kwanza e engloba também as cidades do kilamba, Nova Vida e Talatona. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA