Polícia Nacional detém cidadão com seis supostas pedras de diamante

Polícia Nacional prendeu um cidadão com documentação falsa e alguns diamantes Foto: D.R

A Polícia Nacional no município do Calai, fronteiriço com a Namíbia na faixa sul da província do Cuando Cubango, deteve nos últimos sete dias, um cidadão nacional com seis supostas pedras de diamante e por exibição de documentação falsa.

Segundo o balanço semanal do comando da Polícia Nacional que à Angop teve acesso quarta-feira, a prisão foi possível depois da interpelação pelos efectivos da 12ª Unidade da Polícia de Guarda Fronteira (PGF), que o encaminharam ao comando municipal da PN no Calai.

Já na localidade de Micesse, município do Cuangar, igualmente fronteiriço com a Namíbia, os efectivos da 12ª unidade interpelaram cinco cidadãos namibianos, por violação de fronteira através de travessias ilegais, com objectivo da pesca e visitas familiares no território angolano, tendo sido encaminhados ao Serviço de Migração e Estrangeiros para formalidades legais.

Na fronteira leste com a Zâmbia, sob controlo da UPGF, foram realizadas actividades de carácter específico, traduzidas em cinco patrulhas ao longo da fronteira comum, com cinco postos amarradeiros, 27 postos de sentinelas e 11 postos de observação, sem o registo de casos. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA