Papa discutiu com primeiro ministro iraquiano situação de cristãos no Iraque

(AFP)

O papa Francisco recebeu nesta quarta-feira o primeiro-ministro iraquiano, Haider al-Abadi, com quem discutiu a importância de proteger os direitos dos cristãos e outras minorias no Iraque, anunciou o Vaticano.

“Os dois discutiram a situação dos cristãos e outras minorias no Iraque e ressaltaram a importância de sua presença (no país) e a necessidade de proteger os seus direitos”, afirmou o Vaticano em um breve comunicado.

“Abordaram a questão do diálogo inter-religioso na sociedade e a responsabilidade das comunidades religiosas na propagação da tolerância e da paz civil”, acrescentou o Vaticano.

Abadi também se reuniu com o secretário de Estado do Vaticano, o cardeal Pietro Parolin, e ambos “destacaram a importância do processo de reconciliação em curso” no Iraque e discutiram a situação humanitária em toda a região.

O pontífice argentino, que em Janeiro pediu ao presidente iraniano Hassan Rohani pela paz no Oriente Médio, lançou no domingo um apelo em nome das dezenas de milhares de civis que fogem dos combates no norte da Síria. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA