Nito Alves condenado sumariamente a seis meses de prisão

Coque Lukuta (VOA)

O activista Nito Alves foi condenado nesta segunda-feira a seis meses de prisão efectiva num julgamento sumário por perturbar a ordem do Tribunal Provincial de Luanda.

O caso aconteceu na audiência de hoje em que foram ouvidos alguns declarantes no julgamento dos 17 activistas acusados de rebelião e de preparar um golpe de Estado em Angola.

“Não temo pela minha vida e este julgamento é uma palhaçada”, disse Alves em alta voz no tribunal, tendo o juiz Januário Domingos José acusado o activista de perturbar a ordem.

De seguida, foi feito um julgamento sumário de Nito Alves, tendo o juiz condenado o activista a seis meses de prisão efectiva como medida correccional. (VOA)

por Coke Mukuta

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA