Lunda Sul: Destacado papel da OMA no crescimento do MPLA

Mário António de Carvalho- coordenador do grupo de acompanhamento do secretariado do Bureau Político do MPLA à província da Lunda Sul (Foto: ANGOP/Arquivo)

O espírito de coragem, sacrifício e entrega das senhoras filiadas na Organização da Mulher Angolana (OMA) tem sido determinante no crescimento do MPLA, afirmou (sábado), em Saurimo, o coordenador do grupo de acompanhamento do secretariado do Bureau Político do MPLA à província da Lunda Sul, Mário António de Carvalho.

Ao discursar no encerramento da XVII sessão plenária ordinária do comité provincial do partido na Lunda Sul, o responsável disse que o MPLA se orgulha por contar nas suas fileiras com a OMA que no desempenho das actividades políticas tem atraído centenas de mulheres para o partido.

“A OMA enquanto organização social do MPLA é a maior e a melhor agremiação feminina angolana, a que mais tem lutado em prol dos direitos desta franja da sociedade, sobretudo no que toca a igualdade do género, ampliando seu espaço de participação na vida politica, económica, cultural e social”, disse.

O responsável apelou a organização no sentido de continuar a ser a promotora de mobilização social, educação para cidadania, mensageiras da verdade e da razão, desmascarando todas as formas de manipulação da opinião pública.

Na ocasião, incentivou as suas militantes para a continuidade do trabalho de sensibilização, em defesa das conquistas alcançadas pelo povo angolano e reforçar o trabalho de mobilização, com vista à materialização do Programa de governação do MPLA, com particular destaque para as questões que ainda afligem a mulher angolana.

Apelou ainda a necessidade de se continuar com o processo de o recrutamento de novos membros, com incidência para a jovem mulher, sem descurar a mulher rural, com vista o crescimento contínuo da organização. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA