Lunda Sul: Adesão dos jovens ao recenseamento militar satisfaz responsável

Adesão dos jovens aos postos de recenseamento militar satisfaz responsável na Lunda Sul (Foto: ANGOP)

O chefe adjunto do Distrito de Recrutamento e Mobilização na Lunda Sul, major Venâncio Chilonda, manifestou-se satisfeito quarta-feira, em Saurimo, com a adesão dos jovens aos postos de recenseamento militar ao nível dos quatro municípios da província.

Em declarações à Angop, a propósito da adesão dos jovens aos postos de recenseamento, o oficial da Forças Armadas Angolana, informou que desde o início do processo já foram recenseados 1.919 cidadãos.

Para ele, esta adesão demonstra o espírito patriótico e a vontade desta franja da sociedade ingressar aos serviços militares e servir futuramente a nação, contribuindo na defesa e segurança do país.

“Estamos satisfeitos com aderência dos jovens, uma vez que demonstra que têm noção da importância que representa o recenseamento militar, pois que sem este documento serão impossibilitados de fazer matrículas, bem com tratar outros documentos importantes”, referiu.

Acrescentou que o processo abrange todos cidadãos que completarem 18 anos em 2014 e que por diversas razões não conseguiram efectuar o registo.

Lembrou que o processo é gratuito e para o efeito os abrangidos devem aderir aos postos com uma fotocópia do Bilhete ou Cédula Pessoal, certificado ou declaração de habilitações literárias, duas fotografias tipo passe, uma declaração da escola no caso de estudante ou de serviço em caso de trabalhador. (ANGOP)

DEIXE UMA RESPOSTA