Lunda Norte: Polícia detém mais de 400 estrangeiros

(RNA)

Quatrocentos e 2 cidadãos estrangeiros da RD Congo foram detidos nos últimos sete dias, pelos efectivos da 7ª Unidade da Polícia de Guarda Fronteiras de Angola, no Dundo, província da Lunda Norte, devido a violação de fronteira.

De acordo com o boletim semanal do comando da 7ª UPGF, enviada à Angop, 400 imigrantes tiveram a detenção por tentativa de violação de fronteira, dois por entrada concretizada, além de 24 crianças, num universo de 56 casos de natureza diversa.

Explica que os serviços operativos, que contou com a colaboração de algumas entidades, levado a cabo pelos efectivos da unidade policial, permitiram a apreensão de 81 garimpeiros que se dedicavam à prática ilegal de diamantes.

Refere-se a quatro pás, duas redes de lavagem de cascalho, duas motobombas, entre outros, cuja actividade se enquadrava no plano de controlo, protecção e segurança dos 490 quilómetros de fronteira.

Esclarece que os factos tiveram lugar no Marco-21, Chimeia (município de Lóvua), subunidade de Tchitato, Nachir, Furtuna, Chissanda, Lupemba, Txumo (Tchitato), Furi-3, Mwaquesse, Cambamba, Itanda, Nordeste, Mwenhambulu, Tumba, Mwacanhica, Luia, Lucosso e destacamento naval de Caiongo (Cambulo).

Os referidos cidadãos foram interrogados, cadastrados e, consequentemente, encaminhados ao Serviço de Migração e Estrangeiros na província, para os devidos procedimentos. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA