Líbia à beira de uma crise humanitária segundo a ONU (vídeo)

(EURONEWS)

A ONU alerta para uma possível crise humanitária na Líbia num momento em que o país poderá ser palco de uma nova intervenção internacional.

A falta de um acordo entre os dois governos rivais em Tobruk e Tripoli e a expansão do grupo Estado Islâmico nas zonas costeiras, estará a privar de água, alimentos e medicamentos mais de 200 mil pessoas.

O vice-representante da ONU para a Líbia, de visita ao Cairo, pediu uma maior mobilização internacional para evitar uma catástrofe humanitária.

Segundo Ali Al-Zaatari:

“Neste momento há cerca de dois milhões e quatrocentos mil líbios e não líbios que necessitam urgentemente de ajuda humanitária. A ONU estimou que pode dar assistência a cerca de um milhão e trezentas mil pessoas. O verdadeiro problema é a falta de recursos financeiros para obter esta resposta humanitária. Hoje em dia contamos apenas com 4% dos recursos financeiros necessários para esta intervenção”.

A ONU estima que o seu orçamento disponível para este ano poderá esgotar-se em Março, tendo renovado o apelo para angariar 166 milhões de dólares num fundo de emergência.

A preocupação das Nações Unidas aumenta face à possibilidade dos novos ataques norte-americanos e da presença de forças francesas no terreno, poderem fazer disparar o número de deslocados e refugiados no país. (EURONEWS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA