Lagarde deverá ser reconduzida para segundo mandato à frente do FMI

Lagarde deverá manter-se à frente do Fundo Monetário Internacional Foto: Lusa/D.R

A atual diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI) deverá manter-se no cargo, segundo informação divulgada hoje pela instituição, que indica que Christine Lagarde foi nomeada para o próximo mandato.

“O período para submeter nomeações para a posição de próximo diretor-geral fechou na quarta-feira, dia 10 de fevereiro. Uma candidata, a atual diretora-geral, Christine Lagarde, foi nomeada”, afirmou Aleksei Mozhin, do conselho executivo do FMI.

O responsável acrescentou que a administração vai realizar “encontros entre a candidata Lagarde e os diretores executivos” e que o objetivo é “terminar o processo o mais cedo possível”.

A 22 de janeiro, a atual diretora-geral do FMI, a francesa Christine Lagarde, anunciou a sua candidatura a um segundo mandato à frente da instituição, em entrevista ao canal de televisão “France 2”.

Na altura, Lagarde disse que já tinha os apoios de França, Reino Unido, Alemanha, China, Coreia e do México, acrescentando que recebeu declarações “extremadamente elogiosas” do vice-presidente dos EUA, Joe Biden, e do seu secretário do Tesouro, Jack Lew, que afirmou “esperar continuar a trabalhar” com ela. (Agência Lusa – ND (PD)/CSJ)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA