Kelly Silva realiza “Show Intimista” para 250 pessoas

Músico Kelly Silva (ANGOP)

Como forma de brindar os casais que no Dia dos Namorados (14 de Fevereiro) estiveram indisponíveis para uma cerimónia glamorosa, o músico angolano Kelly Silva exibe-se, nesta sexta-feira (19), à noite, em Luanda, num jantar romântico reservado para 250 pessoas.

A actividade tem início às 20h30, no restaurante Kifica Damaluc, no município de Belas, contemplando ainda actuações de alguns convidados, com realce para Carlos Baptista, Nelo de Carvalho, Cláudio Pina e a dupla de humoristas Agente Formiga e Yá Papi.

“A ideia é proporcionar, neste mês dos namorados, um momento romântico fora de época aos casais que não puderam estar juntos no dia 14, por vários motivos, de modo a ressalvar a data e ajudar os cônjuges que aderirem ao evento a relançarem as suas relações amorosas” – explica o músico.

Em entrevista à Angop, a propósito do designado “Show Intimista”, Kelly Silva salientou que a actividade marcará também a inauguração do referido espaço, que surge para fortalecer a rede hoteleira e de similares em Angola, assim como promover a música e músicos nacionais.

O romântico cantor sublinhou que, apesar do contexto, o mesmo se enquadra na tournée “Eu amo a minha banda”, que vem realizando desde o dia oito de Agosto do ano passado, contemplando todo o país, com o objectivo de enaltecer os ganhos da paz e de gravar um documentário (….).

Os interessados deverão desembolsar seis mil kwanzas (preço único).

Natural de Luanda, Kelly Silva venceu a categoria Balada do Ano no Top Rádio Luanda 2010 e já passou pelo grupo de dança Lambada do Kinaxixi, antes de enveredar para a música. Em 2002, publicou o disco de estreia “100% apaixonado” e, dois anos depois, lança a obra “Por causa Dela”.

O autor do sucesso “Laura”, “Litito” e outros, colocou à disposição do público o seu terceiro CD “História do angolano” em 2009, enquanto o quarto álbum, intitulado “Algo especial”, foi apresentado em 2013, contendo “Por você”, “Diz p’ra mim” e “O problema”. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA