Jovem infiltra-se no Palácio Presidencial de São Tomé e Príncipe

Palácio Presidencial São Tomé e Príncipe (VOA)

Um jovem tentou invadir na segunda-feira, 22, o gabinete do Presidente de São Tomé e Príncipe, depois de driblar o sistema de segurança do Palácio do Povo.

Uma fonte da Presidência da República revelou a jornalistas que o jovem, identificado como Digelson Bandeira de Sousa Pontes, foi visto quando encontrava-se na escada que dá acesso ao Salão Nobre e ao gabinete de Manuel Pinto da Costa.

Na altura, esbarrou contra um segurança, a quem agrediu antes de entrar no Salão Nobre, tendo tentado entrar no gabinete do Presidente.

Como não conseguiu entrar no gabinete, foi para a sala onde se reúne o Conselho de Estado, tendo sido, depois, detido pela segurança do Palácio.

Antes, ele pulverizou o lugar com um perfume cujo frasco foi exibido na televisão pública.

“O caso está entregue à Polícia de Investigação Criminal e esperamos que ele seja apenas um delinquente”, disse a mesma fonte da Presidência.

Quando foi detido, Digelson Bandeira de Sousa Pontes tinha uma mala de mão com alguns objectos, entre os quais um computador portátil, dois passaportes, bilhete de identidade e um exemplar da Bíblia.

De acordo com o portal de notícias Téla Nón, Sousa Pontes faz parte do grupo de seis estudantes liceais que recentemente atacou a pedrada um cidadão na zona da Madre de Deus, com intenção de roubar os seus bens.

Os integrantes do grupo foram postos em liberdade condicional pelo Tribunal da Primeira Instância. (VOA)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA