Isabel dos Santos diz não beneficiar de fundos públicos

Isabel dos Santos (Foto: Print Screen/Economico)

A empresária angolana Isabel dos Santos disse numa rara entrevista ao The Wall Street Journal (WSJ) no passado sábado, 27, não ser financiada por dinheiros públicos.

“Não sou financiada por dinheiro estatal ou fundos públicos”, garante a filha do Presidente angolano José Eduardo dos Santos.

Ela nega ter qualquer benefício com a sua relação com o presidente de Angola porque, segundo ele, o pai “é muito ocupado” e eu sou muito ocupada”.

Com uma fortuna avaliada em 3.1 mil milhões de dólares, Isabel dos Santos está a ser agora investigada pela Comissão Europeia que quer saber se o dinheiro usado para comprar a empresa portuguesa Efacec não tem origem ilegal à luz da legislação da União Europeia.

A compra da empresa foi feita através da Winterfell Industries, companhia criada em Dezembro de 2014, registada na Madeira e controlada por Isabel dos Santos.

Uma das suspeitas prende-se com o facto de dois meses antes da conclusão do negócio o Presidente José Eduardo dos Santos ter emitido uma ordem presidencial a autorizar a companhia de electricidade angolana a comprar 40 por cento da Winterfell, por uma soma não revelada.

Desde a compra, a Efacec passou a ser o fornecedor de três barragens que estão a ser construídas em Angola.

Ao WSJ, Isabel dos Santos adianta que o Estado angolano ainda não concluiu a compra da posição na Winterfell e que o negócio da Efacec foi financiada com fundos próprios e com o apoio da banca privada. (VOA)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA