Huíla: Concluído processo de recolha do inquérito sobre indicadores múltiplos de saúde

Director do INE/Huíla, Sobral Katrapila (Foto: José Krithinas)

O Instituto Nacional de Estatística, na Huíla, já concluiu o processo de recolha de dados biométricos e amostras de sangue no âmbito do inquérito múltiplo de indicadores de saúde.

O processo que começou a 19 de Outubro de 2015 ficou concluído no sábado passado, 20 de Fevereiro, e abrangeu, a nível da província da Huíla, 33 secções censitárias distribuídas por diferentes municípios, segundo disse hoje, à Angop, o director provincial do INE, Sobral Katrapila.

A mesma fonte afirmou que foram inquiridos 858 agregados, a razão de seis por secção, tendo apenas duas famílias ficado de fora, por razões de ausência dos responsáveis das mesmas.

Sobral Katrapila frisou que foram recolhidos dados biométricos e amostras de sangue para o controlo da malária do VIH, assim como o peso e altura de crianças.

Informou ter havido alguma dificuldade de acesso, devido às constantes chuvas que se abatem sobre a região, mas que não impediram o sucesso da operação.

“Nesta altura decorre o processamento dos dados para posterior publicação, que não deve levar muito tempo, já que a recolha de informação foi feita com meios tecnológicos diferentes e que facilitam o tratamento dos dados”, disse.

O inquérito múltiplo de indicadores de saúde vai definir as metas sobre os diversos indicadores, \sociais, económicos e políticos, uma vez que o país já realizou em 2014 o Censo Geral da População.

Com este processo, o Executivo vai analisar e reflectir sobre os projectos ligados aos aspectos de saúde, violência doméstica, na perspectiva de corrigir os seus programas para o futuro. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA