Governador quer melhor entrosamento entre Polícia e Fiscalização

Governador da província de Luanda, Higino Carneiro, durante a visita à centralidade do Kilamba (Foto: Clemente Santo)

O governador provincial de Luanda, Higino Carneiro, defendeu hoje, segunda-feira, na Centralidade do Kilamba, maior e melhor coabitação em termos de trabalho, entre os efectivos da Polícia e da Fiscalização, por forma a encontrarem soluções pontuais, no exercício das suas actividades.

O governante advogou o facto durante uma reunião extraordinária do Conselho de Auscultação e Concertação Social.

De acordo com o governador, após auscultar as preocupações dos moradores, é importante e urgente que a Polícia e a Fiscalização trabalhem de forma coordenada e conjunta na autuação das transgressões administrativas.

“É importante que ali onde não esteja o polícia, o fiscal possa actuar e evitar que as transgressões aconteçam ou continuem e o administrador deve exercer a sua autoridade, doa quem doer, por forma a se acabar com anarquia”, orientou.

Higino Carneiro mostrou-se igualmente preocupado com o estreitamento das vias de acesso à cidade, tendo admitido o alargamento no futuro, com vista a tornar o trânsito mais fluido.

A jornada de campo, que teve o seu início as 8H00, rumou depois para a Centralidade do Sequele, onde o governador e a comitiva se reuniram com os membros do Conselho de Auscultação e Concertação Social local, até as 17H00. (ANGOP)

DEIXE UMA RESPOSTA