Executivo considera positivas festividades dos 40 anos de independência

Adão de Almeida - Secretário de Estado (Foto: Rosário dos Santos)

A Comissão Interministerial criada para coordenar as tarefas inerentes a celebração dos 40 anos de independência de Angola, assinalados em 11 de Novembro de 2015, manifestou-se a favor do relatório das actividades realizadas em prol da efeméride.

O secretário de Estado para as Assuntos Institucionais e Eleitorais, Adão de Almeida, que coordenou a comissão, apontou algumas acções de realce realizadas e que serviram para celebrar com dignidade a festa, conferindo-lhe a importância e a relevância que a data impunha.

O responsável fez estas declarações à imprensa, no acto de outorga de Diplomas de Reconhecimento às instituições pública e privadas, dentre as quais a agência noticiosa angolana Angop, e as personalidades individuais que contribuíram para o êxito das celebrações do Dia Nacional.

Mencionou como pontos altos de tarefas, a mensagem à Nação do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, e o grande desfile cívico e militar, assistido por vários convidados estrangeiros, incluindo chefes de Estado, membros de governos.

Realçou igualmente a deposição da coroa de flores no Sarcófago do fundador da Nação angolana, António Agostinho Neto, para exaltar o papel e o valor daqueles que lutaram para a conquista da independência nacional.

A cerimónia, orientada pelo ministro da Administração do Território, Bornito de Sousa, visou reconhecer o empenho e o apoio de mais de 40 instituições públicas e privadas que apoiaram o conjunto de actividades, as quais tornaram o êxito da festa nacional.

Assistiram ao acto, realizado numa das unidades hoteleiras de Luanda, governadores provinciais, membros do Executivo, académicos e entidades de distintos estratos da sociedade angolana. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA