Cuba devolve míssil americano que lhe foi enviado por engano

Cuba devolve míssil usado em exercícios da NATO aos Estados Unidos Foto: Carlos Barria/Reuteurs/D.R

O míssil agora devolvido pelos cubanos foi usado num treino da NATO, o AGM 114 Hellfirefou foi parar a Havana em vez da Florida.

O governo cubano devolveu aos Estados Unidos um míssil que recebeu por engano em 2014, anunciou em comunicado o Ministério dos Negócios Estrangeiros de Havana, citado pelo jornal The Wall Street Journal.

O AGM 114 Hellfirefou – um míssil anti-tanque desenvolvido nos anos 1970 para destruir blindados soviéticos, e hoje usado sobretudo para testes – usado num exercício da NATO em Espanha, deveria ter sido enviado para a Florida via Alemanha. Porém, por “engano” ou a “manipulação incorrecta”, explicaram os cubanos, acabou por se juntar a uma remessa que seguiu para Paris.

De Paris, em vez de ser remetido para a Florida, foi enviado para Havana, sendo que em 2012 os países envolvidos nesta troca de correio eram os últimos inimigos da Guerra Fria – só no final de 2014, Cuba e os EUA deram o passo histórico de normalizar as relações cortadas desde 1961.

O governo de Washington informou Havana sobre o extravio desta encomenda. No sábado, o míssil (que mede um metro e meio e pesa 45 quilos). foi devolvido. “Cuba actuou com seriedade e transparência, e cooperou para encontrar uma solução satisfatória para este caso”, referiu o Governo de Havana.

“Podemos dizer, sem especificar detalhes, que o míssil de treino foi devolvido”, informou o Departamento de Estado americano num comunicado que sublinha que o restabelecimento das relações diplomáticas entre os dois países possibilitou a cooperação em “assuntos de interesse mútuo”. (Jornal Público)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA