Cuanza Norte: Inaugurado sistema de abastecimento de água em Samba Lucala

Um dos Centros de captação de água construídos recentemente no Cuanza Norte (Foto: Eliseu Veloso/Arquivo)

O vice-governador do Cuanza Norte para o sector económico, Manuel de Abreu Pereira da Silva, inaugurou na terça- feira (2) um sistema de captação, tratamento e distribuição de água potável à população da comuna de Samba Lucala, município de Samba Cajú.

A infra-estrutura, que tem como ponto de captação o rio Murinje, a um quilómetro e meio da sede comunal, foi entregue oficialmente aos seus beneficiários no quadro das celebrações do 55º aniversário do início da luta armada de libertação nacional, que se assinala neste 4 de Fevereiro.

Construído no âmbito do Programa “Água para Todos”, o sistema é composto por um tanque de captação de 22 metros cúbicos, dois reservatórios de 350 metros cúbicos cada e uma motobomba capacitada de bombear 80 metros cúbicos/hora.

Cinco mil e 600 metros de rede de distribuição, onze chafarizes, uma lavandaria e dezasseis ligações domiciliárias completam o empreendimento.

Segundo o responsável do Departamento Provincial de Águas no Cuanza Norte, Silvestre Zangui, o projecto de construção da obra que numa primeira fase beneficiará mil, 668 habitantes da sede comunal e de mais oito aldeias foi implementado em 18 meses, com o propósito de suprimir a escassez de água entre a população.

Numa empreitada executada pela empresa Sinohidro, a obra comporta ainda, entre outras dependências, um laboratório de análise de qualidade, salas de captação e de tratamento e será sustentada por um gerador de 65 KVA, tendo garantido emprego directo a onze jovens.

Na ocasião, o vice-governador do Cuanza Norte para o sector económico, Manuel de Abreu Pereira da Silva, reconheceu a qualidade da obra, sublinhando a necessidade da população conservá-la, por formas a manter a durabilidade do investimento e melhor beneficiar a si mesma.

Referiu que a construção do referido centro de captação e distribuição de água potável contribuirá na redução das doenças causadas pelo uso de água não tratada, como as diarreias e a oncocercose.

Garantiu que, o governo da província continuará a colocar sistemas de fornecimento de água potável em todas as comunas e proceder à abertura de pontos de água nas aldeias e bairros do Cuanza Norte, visando cumprir o legado do primeiro Presidente de Angola, António Agostinho Neto, segundo o qual “O mais importante é resolver os problemas do povo”.

Samba Lucala é uma circunscrição administrativa do município de Samba Cajú e a sua sede dista 59 quilómetros da vila de Samba Cajú. A comuna compreende uma população de 7 mil habitantes, exclusivamente camponeses, distribuídos por 47 aldeias e que também se dedicam à caça e à criação de animais.

Testemunharam o corte da fita inaugural membros do governo provincial e da administração municipal de Samba Cajú, deputados à Assembleia Nacional, representantes de partidos políticos, autoridades tradicionais e populares. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA