Cuanza Norte: Inaugurada escola primária na aldeia de Quimbamba

Novas escolas melhoram condições de acomodação dos alunos (Foto: Leonardo Castro)

Uma escola de três salas de aulas destinada ao ensino primário foi inaugurada na localidade de Quimbamba, município de Quiculungo, província do Cuanza Norte, no âmbito das comemorações do 55º aniversário do início da luta armada de libertação nacional.

Construída no quadro do programa municipal integrado de desenvolvimento rural e combate à pobreza, visando a inserção de mais crianças no sistema normal de ensino, a referida infra-estrutura ocupa um perímetro de 49 metros quadrados e albergará 240 alunos.

A unidade de ensino completamente apetrechada com os meios indispensáveis ao seu funcionamento conta ainda com uma área administrativa e cinco casas de banho, entre outros serviços complementares.

O administrador municipal de Quiculungo, João António Gaspar, informou que a administração envidou esforços na construção da unidade escolar para conferir maior dignidade aos alunos que estudavam em condições inadequadas.

Referiu que neste ano lectivo o município ganhará mais seis novas salas de aulas, em construção nas localidades de Caquiôngua e do Seca, bem como um posto médico na aldeia de Quihezo.

O responsável afirmou que a escola é um bem público, razão pela qual a sua protecção e conservação são uma tarefa de todos, no sentido de servir as presentes e as futuras gerações.

O administrador municipal de Quiculungo pediu ainda aos professores a interagirem com as autoridades da comunidade no tocante à elucidação das crianças sobre como lidar com a escola.

O soba da aldeia de Quimbamba, Domingos Quizomba Cabaco, enalteceu a iniciativa da administração local, factor que conferirá melhores condições de acomodação e de aprendizagem às crianças que antes estudavam em salas de aulas sem as devidas condições.

Quimbamba está situado a dois quilómetros da vila de Quiculungo e alberga uma população estimada em 500 habitantes. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA