Concurso para concessão de portos em Cabo Verde ainda está a decorrer

O primeiro-ministro de Cabo Verde, José Maria Neves, confirmou que está em curso a concessão de portos Foto: Lusa/D.R

O primeiro-ministro de Cabo Verde disse hoje, em Lisboa, que o concurso para a concessão de portos no seu país está ainda a decorrer e não confirmou as notícias de que estes seriam entregues a uma multinacional francesa.

“Está em processo de concurso ainda” a concessão de portos em Cabo Verde, disse à Lusa José Maria Neves, no final de um encontro com o presidente do parlamento português, Ferro Rodrigues.

“Trata-se de um concurso normal, várias empresas concorreram e estava-se a fazer a seleção. Há uma comissão técnica para fazer a seleção”, sublinhou José Maria Neves.

Na quarta-feira, no portal do jornal cabo-verdiano Expresso das Ilhas, foi divulgado que o grupo Bolloré teria ganhado a concessão dos portos de Cabo Verde e que, nas próximas semanas, representantes da multinacional francesa vão estar no país para afinarem as negociações da subconcessão dos portos da Praia (ilha de Santiago), Porto Grande (São Vicente), Sal-Rei (Boa Vista) e Palmeira (Sal).

Ainda de acordo com o Expresso da Ilhas, a negociação deverá estar terminada no final desse mês, seguindo-se a assinatura do contrato de subconcessão que terá uma duração mínima de 20 anos e renovável por mais 10 anos.

“Se esta for a melhor proposta (da multinacional francesa), com certeza que todos os dados foram devidamente considerados”, acrescentou o primeiro-ministro cabo-verdiano.

Hoje à tarde, José Maria Neves reúne-se ainda com o antigo primeiro-ministro e atual candidato a secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, num hotel de Lisboa e, posteriormente, é recebido pelo Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, no Palácio de Belém.

No início da noite, o primeiro-ministro cabo-verdiano tem um encontro com o Presidente eleito Marcelo Rebelo de Sousa, no Palácio de Queluz, em Sintra. (Agência Lusa – CSR/EL)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA