China: 2910 milhões de viagens estimadas para o Ano Novo

(EURONEWS)

Centenas de milhares de chineses atravessam o país na migração anual que acompanha as celebrações do ano novo, que será marcado a 8 de fevereiro.

Em Cantão, no sul do país, 100.000 pessoas estão bloqueadas por atrasos nos comboios, devidos ao mau tempo.

Para a maioria, a época festiva significa reunião familiar. Em Xangai, um homem explica que sente “falta da mulher e do filho” e acrescenta que “a última vez” que voltou a casa “foi em outubro” e agora só pensar em voltar outra vez.

Também há quem espere que o regresso a casa, este ano, traga alguma sorte…

No interior de um comboio, uma passageira diz que volta à cidade natal “à procura de trabalho. É esse o objetivo este ano”. Se não conseguir, terá de deixar para trás o marido e os filhos.

No período de migrações intrafronteiras, que dura de 24 de janeiro a 3 de março, as autoridades chinesas estimam que serão realizados 2910 milhões de viagens, essencialmente de comboio. (EURONEWS)

por Rodrigo Barbosa | com EFE / REUTERS

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA