“Casino do ano” fica em Macau

O melhor casino do ano fica em Macau Foto: Lusa/D.R

O Studio City, localizado em Macau, foi distinguido com o prémio “casino/’resort’ integrado do ano” nos International Gaming Awards, atribuídos em Londres, revelou hoje a operadora de jogo Melco Crown.

O empreendimento Studio City abriu a 27 de outubro do ano passado em Macau totalmente focado no mercado de massas e, sobretudo, na classe média chinesa, numa altura em que as receitas do jogo em Macau caem continuamente há mais de um ano e em que operadoras e autoridades locais querem reduzir a dependência tradicional do setor dos grandes apostadores (“jogo VIP”), que aparentemente a campanha anticorrupção lançada por Pequim tem estado a afastar do território.

O objetivo das autoridades do território é tornar Macau num polo de atração do mercado turístico de massas, através de oferta diversificada ao nível do lazer.

Assim, além do casino, o Studio City, inspirado no mundo do cinema, inclui um centro comercial, a maior roda-gigante em forma de oito do mundo, duas torres dedicadas a hotéis, com 1.600 quartos, mais de 30 restaurantes, um centro de eventos com 5.000 lugares, salas de espetáculos e um parque com um simulador de voo 4D, dedicado ao Batman, e uma ‘fun zone’ interior subordinada à Warner Bros.

Num comunicado divulgado hoje, a dona do projeto, a Melco Crown, congratula-se com o prémio de “casino/’resort integrado do ano” que conseguiu nos International Gaming Awards, promovidos anualmente pela empresa Clever Duck Media, organizadora de eventos e proprietária da publicação ‘online’ iGaming Post.

Os prémios são, sublinham os seus promotores, apoiados e reconhecidos pela indústria do jogo.

Os International Gaming Awards deste ano reconheceram ainda a Wynn (que tem também casinos em Macau) como operadora de jogo do ano na América e a Melco Crown recebeu o mesmo prémio mas para a região da Ásia e Austrália. (Agência Lusa – MP (FV)/EL)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA