Carta de um cidadão ao Presidente José Eduardo dos Santos

(Foto: Jorge Monteiro/Portal de Angola)

CARTA ABERTA AO PRESIDENTE DE ANGOLA

«Bom dia.
Sua excelência camarada Engenheiro José Eduardo dos Santos, Presidente da República de Angola. Sua excelência, antes de tudo espero que esteja de Boa Saúde, bem como toda a sua família e bem como aqueles que o rodeiam.

Excelência, escrevo esta carta, porque a situação em Angola é mesmo crítica. O povo Angolano está a sofrer, no mercado paralelo os preços dos produtos básicos sobem de maneira assustadora. Um saco de arroz que custava até uma semana atrás 3000kz,hoje, está a 10000kz; o pão pequeno que era 4 cinquenta, hoje, é 3 cem, e tem muitos outros produtos que eu podia citar, mas apenas citei estes como exemplo.

Sua excelência, o que mais preocupa a população é o silencio das entidades competentes. Elas não dão esperança ao povo que as coisas vão melhorar. Pior ainda, cada dia acordamos com novos preços. Hoje me pergunto onde andam o Ministério das Finanças, do Comércio, da Agricultura, da Indústria e mesmo até a polícia económica?

A fome está demais. Façam qualquer coisa por favor.

CAMARADAS, me desculpem se feri a sensibilidade de alguém, mas eu precisava mesmo desabafar. A barriga já não aguenta de tanta fome. Espero sinceramente que esta CARTA chegue ao CAMARADA PRESIDENTE DA REPÚBLICA, Eng.º José Eduardo dos Santos.
Ajudem-nos!».

Domingos Filipe Camues Filipe

(artigo enviado à nossa redacção com pedido de publicação)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA