Candidatura de Luzia Inglês foi aprovada

Luzia Inglês - Secretária geral da Oma (Foto: Angop)

O Comité Nacional da Organização da Mulher Angolana aprovou ontem a candidatura de Luzia Inglês Van-Dúnem “Inga” ao cargo de secretária-geral da OMA. A candidatura foi confirmada durante a 8ª reunião ordinária da OMA, que decorreu no Complexo Turístico do Futungo II.

Em declarações à imprensa à saída do encontro, Luzia Inglês disse que a validação da sua candidatura constitui o reconhecimento do trabalho que desenvolveu durante o último mandato, mas também por toda a sua trajectória na organização feminina do MPLA. “Sinto-me honrada e encaro como o reconhecimento por todo o trabalho e pela minha entrega como militante do MPLA, desta organização que sou há 52 anos. Vivo por esta organização e vivo para o meu povo. Sou parte desta luta”, declarou Inga, antes de prometer que caso seja eleita, durante o Congresso, vai procurar fazer “mais e melhor”.

A poucas semanas do seu Congresso ordinário, o Comité Nacional da OMA apreciou os plano de acção 2016-2021 e as teses, tendo recomendado a continuidade da discussão sobre as mesmas até à realização do conclave, que se realiza em Luanda, de 2 a 5 de Março.

Na reunião de ontem, o Comité Nacional da OMA aprovou o relatório sobre o processo de preparação do congresso, que se desenrolou em todos os municípios e províncias, observando o princípio da renovação – 35 por cento – e continuidade – 65 por cento. Foi estabelecido também uma quota de participação de jovens, superior a 20 por cento.

O Congresso da OMA tem 1.600 participantes. Luzia Inglês referiu que do total, 1.400 são delegadas e 200 convidadas, que participam na actividade mas sem direito a voto. Pelo menos dez convidadas estrangeiras confirmaram a sua presença, assim como organizações homólogas. (Jornal de Angola)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA