Campanha de combate à febre amarela será lançada terça-feira

População vai ser vacinada contra a febre amarela (Foto: Pedro Parente/Arquivo)

Uma mega campanha de combate à febre amarela será lançada terça-feira, no município de Viana, epicentro da doença, que assola a capital angolana desde Dezembro do ano passado.

Em declarações hoje, segunda-feira, à Angop, o ministro da saúde, José Van-Dúnem, assegurou que as actividades de combate à febre amarela começam em Viana por ser o epicentro da doença, mas que depois vão estender-se aos demais municípios e distritos de Luanda.

A campanha de combate à doença abarca acções de sensibilização das populações para o reforço das medidas de prevenção como tapar os recipientes de água, colocar óleo queimado nos charcos proteger-se contra a picada de mosquitos.

Consta ainda das acções, a distribuição de mini doses de Bactivec (desinfectante para água), tratamentos de criadores de larvas do mosquito, fumigação intra e extra domiciliar, bem como a vacinação, principalmente de crianças.

A investigação de casos teve início no dia 30 de Dezembro de 2015, com a ocorrência de seis casos, com quatro óbitos, caracterizados por síndrome febril, ictéricia (olhos amarelos) e hemorragia em indivíduos do sexo masculino.

No decorrer da semana passada foram notificados 38 casos suspeitos de febre amarela, com 10 óbitos, dos quais Viana assume 13 novos casos e quatro óbitos.

Comparativamente à semana anterior, houve um aumento de mais 23 casos, pois passaram de 15 para 38.
A febre amarela é uma doença transmitida ao homem pela picada do mosquito Aedes Aegypti infectado, constituindo um importante problema de saúde pública.

Em Angola, os últimos surtos ocorreram em 1971 e 1986 e a vacina da febre amarela foi introduzida no calendário vacinal em 1980. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA