Bravos do Maquis começam nova era diante do Libolo

Equipa do FC Bravos do Maquis chega a província depois da conquista da Taça de Angola (Foto: Angop)

O jogo da Supertaça, que abre a época futebolística2016, entre os vencedores do campeonato da primeira divisão, Recreativo do Libolo, e da Taça de Angola, FC Bravos do Maquis, vai servir para os maquisardes começarem uma nova fase, depois da despromoção.

Esta é a visão do treinador do FC Bravos do Maquis, Mariano Júlio, em declarações hoje, quarta-feira, em Luanda, à Angop, depois do fim do treino que durou uma hora e 30 minutos, decorrido no estádio 22 de Junho.

Mariano Júlio avançou que a sua equipa se encontra na máxima força com integração de novos jogadores provenientes dos escalões de formação e de outras equipas da primeira divisão.

“A equipa recomeça nova fase diante do Libolo, apesar da descida à II divisão não significa que estamos mortos e, não vamos decepcionar os sócios, adeptos, simpatizantes e a população em geral do Moxico, neste domingo”, prometeu.

O treinador antevê um “bom” desafio, entre duas equipas de competições diferentes, já que o Libolo é o campeão de Angola e o Maquis foi despromovido da I divisão.

Frisou que a equipa começou os trabalhos já há um mês no Luena, com objectivo de lutar pelo troféu da abertura da época.

O substituto de Alberto Cardeau acrescentou que 27 jogadores compõem a equipa na presente temporada, para as três frentes: Supertaça, campeonato provincial e a “Segundona”.

No plantel constam sete juniores que subiram para a equipa principal (Ilídio, Adérito, Osvaldo, Ivo, Monteiro, Manucho e Adolfo).

Consta igualmente seis reforços (Chay, Ndo, Thikuma, Yuri e Lami) provenientes do 4 de Abril e Progresso da Lunda Sul.

O Recreativo do Libolo é detentor do troféu da Supertaça, depois de superar aos penaltis o Benfica de Luanda, por 4-2, em jogo disputado no estádio dos Coqueiros. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA