Brasil: Operação Lava Jato cada vez mais próxima de Dilma (vídeo)

(EURONEWS)

A polícia brasileira lançou a 23.ª fase da operação Lava Jato. Na linha de mira está agora o publicitário João Santana – responsável pelas campanhas de Dilma Russeff e de Lula da Silva.

Santana, que se encontra na República Dominicana, onde prepara a reeleição do presidente Danilo Medina, tem um mandado de captura contra si.

Nesta operação, está novamente em causa a Odebrecht. A construtora civil é acusada de fazer parte de um grupo de empresas que fraudavam licitações da Petrobras e mantinham, há anos, um esquema de corrupção na companhia estatal.

Esta operação – chamada Acarajé, em alusão ao termo utilizado por alguns dos investigados para falar de dinheiro líquido – visa também o engenheiro Zwi Skornicki, citado por delatores como operador do esquema na Petrobras.

Cerca de 300 polícias cumprem 51 mandados judiciais – 38 de busca e apreensão, seis de prisão temporária e cinco de condução coercitiva – em três Estados. (EURONEWS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA