Bispo tocoista apela a mudança de mentalidade

Dom Afonso Nunes - Bispo da igreja tocoista (Foto: Lino Guimarães)

O bispo da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo ( Tocoista), Afonso Nunes, apelou hoje, domingo, a todos os fiéis da congregação que dirige para a mudança de mentalidade e a envidarem esforços no sentido de promover a concórdia e a harmonia no seio das famílias.

De acordo com o líder religioso, que prestava declarações à imprensa no termo do culto de acção de graças comemorativo ao 98º aniversário do profeta Simão Gonçalves Toco, que se assinalou no dia 24 de Fevereiro, as situações anómalas que muitos vivem são originadas por condutas menos recomendáveis para uma convivência sadia.

Na óptica do bispo Afonso Nunes, “ se de facto a partir de hoje todos os milhares de fiéis que estiveram reunidos nesta comemoração se humilharem, renascerem e se tornarem novas criaturas vamos ter um novo país com novas empresas, no sentido espiritual, transformadas onde a paz, a harmonia e alegria e sobretudo a verdade habitem”.

Referiu que este pressuposto irá contribuir para a existência de famílias de paz, harmoniosas onde nos seus lares habite o diálogo e a esperança.

Afonso Nunes frisou que se os cristãos renascerem serão impulsionadores da vontade daquilo que todo o mundo procura que é a convivência pacifica, a tolerância e o perdão, valores que se perderam ao longo dos tempos devido a diversos factores.

Sublinhou que devido a este comportamento, que se consubstancia pela perda de valores cívicos e morais, todos os dias a sociedade se depara com discórdias e dissensões, sendo por isso necessário que a mensagem de Cristo seja divulgada de forma a contribuir para a mudança de atitude de todos os cidadãos.

“Por isso a Igreja Tocoista, nesta comemoração lança esta mensagem de concórdia e harmonia para que possamos viver todos nós os problemas juntos sejam eles bons ou maus, assim como possamos viver as estações dos tempos com alegria e união”, justificou.

Questionado sobre o desafios da congregação que dirige, o bispo Afonso Nunes apontou a contribuição em acções de carácter social como a construção de centros de saúde, de estabelecimentos de ensino em todos os níveis de escolaridade, assim como na materialização de projectos agrícolas.

Realçou que a Igreja angolana está a trabalhar na prestação destes serviços com qualidade para toda a sociedade, porque somente com a transformação do homem, através da educação e com o sistema de ensino muito bem enquadrado, o pais terá homens com valores dignos de serem referidos.

O profeta Simão Gonçalves Toco nasceu a 24 de Fevereiro de 1918 na província do Uige, tendo ao longo da sua vida transmitido a mensagem da liberdade, da concórdia e da harmonia no seio da sociedade. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA