Benguela:Mais de 90 agricultores de Caimbambo em dívida com o Crédito Agrícola

Agricultores em actividade (ARQUIVO) (Foto: Aurélio Segunda)

Noventa e oito membros da União Nacional das Associações de Camponeses e Cooperativas Agro-pecuárias (UNACA), no município de Caimbambo, província de Benguela, ainda devem cinco milhões, 320 mil e 642 kwanzas ao Banco de Comércio e Indústria (BCI), emprestados em 2012 para o Crédito Agrícola de Campanha.

A informação foi avançada terça-feira, à Angop, pelo vice-presidente da direcção municipal da UNACA em Caimbambo, Adelino Casimiro, referindo que actualmente 98 associados, entre camponeses, agricultores e cooperadores, estão em dívida com o programa de Crédito Agrícola de Campanha.

Segundo o responsável, dos 148 produtores que beneficiaram de empréstimos concedidos pelo BCI, em 2012, 14 já quitaram os débitos e 36 liquidaram apenas 50 porcento da dívida.

Em 2012, como explica Adelino Casimiro, o BCI concedeu um montante de 27 milhões, 735 mil e 608 kwanzas e 80 cêntimos, no âmbito do Crédito Agrícola de Campanha, beneficiando 148 associados da UNACA em todo o município de Caimbambo.

Ressaltou que o empréstimo daquela instituição bancária, financiou projectos de pequena dimensão nas áreas da agricultura, especialmente para a aquisição de insumos como gado bovino para atração animal e motobombas para fomento do sistema de regadio.

Entretanto, lembrou que os beneficiários sofreram com a peste que havia afectado o gado em 2013 e com a seca na cintura verde do rio Halu e, sem produzir o suficiente, não têm recursos para quitar a dívida estimada em mais de cinco milhões de kwanzas.

Apesar das dificuldades para o reembolso do crédito, o vice-presidente da direcção municipal da UNACA apelou aos associados a honrarem o compromisso assumido com o banco, que precisa de reaver o dinheiro investido.

Dados estatísticos mostram que a UNACA, que assinalou no passado dia 6 de Fevereiro, 26 anos de existência, conta na região de Caimbambo com 24 cooperativas agro-pecuárias e 40 associações que congregaram três mil e 63 camponeses.

Localizado a 116 quilómetros a Sul da cidade de Benguela, o município de Caimbambo tem uma população de mais de 80 mil habitantes (dados do Censo 2014) e é potencialmente produtor de citrinos, com destaque para laranja. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA