Benguela: Comunidade da Cambanda ganha sala de partos

Sala de partos (Foto: Pedro Parente/Arquivo)

Uma nova sala de partos, com capacidade de atender 15 gestantes por dia, entrou em funcionamento quarta-feira, no bairro da Cambanda, Zona A, nos arredores da cidade de Benguela, visando melhorar a saúde da comunidade local e diminuir o fluxo no Hospital Geral de Benguela (HGB).

Inaugurada pelo governador provincial de Benguela, Isaac dos Anjos, a infra-estrutura foi construída num ano, no Centro Médico da Cambanda, no âmbito do Programa dos Cuidados Primários de Saúde, tendo como principais objectivos o aumento do número de partos realizados em unidades hospitalares para a redução das taxas de mortalidade materno-infantil.

A estrutura do empreendimento comporta duas salas pós-parto com nove camas e preparatório com três marquesas, estufa, sala para enfermeiros, recepção e uma arrecadação, devidamente apetrechados com equipamentos de ponta.

Dados da Repartição Municipal de Saúde de Benguela indicam que, com a inauguração desta unidade para atendimento a parturientes, no bairro da Cambanda, as autoridades aumentam para sete o número de salas de partos distribuídas por cada uma das seis comunas do município sede da província.

Ainda na unidade sanitária da Cambanda, foi inaugurado um armazém municipal, com 20 metros quadrados, para depósito de medicamentos e conservação de vacinas, construído pela empreiteira Benguela Construções num investimento avaliado em 17 milhões e 136 mil Kwanzas.

Contudo, o armazém destina-se também ao funcionamento da cadeia de frio no município de Benguela, tendo sido já dotado de 18 arcas frigoríficos e nove geleiras para garantir que as vacinas adquiridas pelo Ministério da Saúde estejam bem conservadas.

Intervindo na ocasião, a administradora municipal adjunta de Benguela, Maria José Garcia, disse que as infra-estruturas sanitárias visam melhorar as condições de vida das populações, no âmbito do Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza (PMIDRCP).

Com a abertura destes serviços, no entender da responsável, estão criadas as condições essenciais para permitir melhor atendimento aos munícipes que acorrerem ao Centro Médico da Cambanda, um dos bairros mais populosos do município de Benguela.

Por sua vez, o chefe da Repartição Municipal de saúde, Garcia da Costa, destacou a inauguração do armazém municipal de depósito de medicamentos e as mini-arcas para desta forma permitir maior assistência na distribuição de medicamentos e melhor conservação das vacinas.

Inserida nas festividades dos 55 anos do início da Luta Armada de Libertação Nacional, a assinalar-se hoje, quinta-feira, 4 de Fevereiro, a cerimónia de inauguração foi presenciada pelo administrador municipal de Benguela, Leopoldo Muhongo, por administradores comunais, responsáveis de postos médicos, representantes de partidos políticos e sociedade civil. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA