Antigos combatentes defendem maior reintegração dos seus associados no Chitembo

Augusto Victorino - Antigo combatente e veterano da pátria (Foto: Leonardo Castro)

Os Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria no Bié defenderam quinta-feira, no município do Chitembo, a 150 quilómetros a sul do Cuito, uma reintegração efectiva dos seus associados na vida sócio-produtiva com vista a melhorar as condições de vida daqueles ex-militares.

Em declarações à Angop, por ocasião do 4 de Fevereiro, dia do início da luta armada de libertação nacional, Augusto Victorino, membro da associação dos veteranos da pátria, solicitou ao governo local mais meios de produção para contribuir para a melhoria da condição de vida.

De igual modo, solicitou mais assistência médica e medicamentosa, habitação, meios de locomoção, meios agrícolas com vista que os veteranos da pátria possam participar activamente no desenvolvimento da província.

Reconheceu, por outro lado, melhorias significativas na vida de alguns ex-militares, resultante igualmente dos avanços no domínio da vida social na província.

Augusto Victorino salientou o papel dos antigos combatentes no ensinamento às novas gerações sobre os valores patrióticos e de unidade nacional, para assegurar o progresso, e paz efectiva conquistada em 2002.

Segundo ainda a fonte, tem-se trabalhado seriamente na sensibilização das populações quanto a preservação dos bens públicos, para que se continue a honrar o espírito dos heróis do 4 de Fevereiro. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA