Activista angolano Raúl Mandela recebe asilo político no Brasil

Raúl Mandela, actvista angolano (VOA)

O activista angolano Raúl Mandela viu aceite o seu pedido de asilo político no Brasil e já recebeu o documento que lhe permite viver no país durante cinco anos.

A informação foi avançada à VOA pelo próprio activista a partir de São Paulo onde se encontra.

A Polícia Federal entrevistou Mandela, tendo depois certificado o seu activismo em Angola, onde foi preso e espancado várias vezes pela polícia.

Numa das suas últimas confrontações com as autoridades, Raúl Mandela foi preso a 11 de Novembro quando tentava realizar uma manifestação para pedir a demissão do Presidente José Eduardo dos Santos e a libertação dos 15 activistas detidos desde 20 de Junho.

Antes, a 23 de Setembro, o activista apresentou uma queixa-crime contra o comandante da polícia, João Kiala, que, segundo ele, o mandou espancar depois de ter sido preso quando tentava organizar outra manifestação.

Na altura, a Front Line Defenders, organização de defesa dos defensores dos direitos humanos com sede na Irlanda, emitiu um comunicado em que instava as autoridades angolanas a realizar uma investigação imediata, completa e imparcial sobre o ataque que considera injustificado contra Raul Mandela. (VOA)

por Coque Mukuta

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA