Uíge: Centro materno infantil do Tange necessita de médicos pediatras e ginecologista

(Foto: Divulgação/Internet)

O Centro Materno Infantil da Aldeia do Tange, que dista a quatro quilómetros a sudeste da cidade do Uíge, necessita de dois médicos pediatras e ginecologista para o bom funcionamento da área da pediatria e das consultas pré-natais, informou, sexta-feira, à Angop, a sua responsável, Isabel Gomes Neves.

De acordo com a fonte, o aludido centro necessita igualmente de 10 técnicos de saúde, pois que os seis técnicos que asseguram o funcionamento do mesmo são poucos, apontando que o centro atende 50 a 75 pacientes por dia, com diversas patologias.

A falta de uma ambulância para transporte dos doentes para o hospital provincial é uma outra dificuldade apontada pela técnica de saúde, Isabel Neves.

A responsável exortou a mulher grávida a afluir as consultas pré-natais para saber e garantir a saúde da mãe e do bebé, bem como os pais e a levarem as crianças a um centro de saúde mais próximo logo que note sinais de doença, evitando o agravamento da situação.

O Centro Materno Infantil do Tange atende pacientes das aldeias do Kiongua, Kalumbo e dos bairros Catapa, Jiji, Kixicongo e outros da periferia da cidade capital da província. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA