Ucrânia: Lugansk denuncia concentração de armas ucranianas na linha de contacto

(AFP 2015/ ALEKSEY CHERNYSHEV)

Os militares ucranianos concentram armas na linha da separação de forças em Donbass, Donbas, no leste da Ucrânia. A informação foi divulgada pela Polícia Popular da auto-proclamada República de Lugansk.

Em particular, foi detectada a presença de “três tanques T-64” na cidade de Stanitsa Luganskaya a 2,5 quilómetros da linha de separação.

De acordo com representantes de Lugansk, não é um caso isolado, mas uma política de governo de Kiev.

Em Abril de 2014, Kiev lançou uma operação militar nas províncias de Donetsk e Lugansk para reprimir os focos de contestação ao governo que aplicou o golpe de Estado em Fevereiro do mesmo ano.

O conflito já causou mais de 9 mil mortes e 2.700 feridos, segundo os dados da ONU.

O acordo de Minsk, assinado em 12 de Fevereiro do ano passado, prevê, entre outros pontos, o cessar-fogo na região de Donbass, no leste ucraniano, a retirada das armas pesadas, a troca de prisioneiros e a reforma constitucional na Ucrânia antes do final do ano. No entanto, as partes em conflito constantemente relatam violações do acordo. (SPUTNIK)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA