Trump desenterra caso Lewinsky para atacar Hillary Clinton

(AFP)

Em uma tentativa de atacar sua principal adversária democrata, Hillary Clinton, o pré-candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, desenterrou o caso Monica Lewinsky em uma propaganda veiculada nesta quinta-feira.

Em um vídeo de 15 segundos veiculado na conta de Trump no Instagram, aparece uma série de fotos de Bill Clinton (marido de Hillary) com Monica Lewinsky; a manchete de um jornal que chama o ex-presidente de mentiroso e uma imagem de Hillary Clinton ao lado de Anthony Weiner, um congressista casado que renunciou após enviar fotos obscenas para mulheres na Internet.

Na última foto estão a candidata democrata e o actor Bill Cosby, que actualmente é acusado de vários casos de agressão sexual.

As imagens são acompanhadas por uma declaração de Hillary Clinton: “Os direitos das mulheres são direitos humanos, e os direitos humanos são direitos das mulheres. Uma vez por todas, continuemos a lutar por igualdade e dignidade”.

O vídeo termina com uma mensagem irónica: “uma verdadeira defensora dos direitos da mulher”. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA