Terremoto deixa oito mortos entre a Índia e Bangladesh

(AFP)

Pelo menos seis pessoas morreram nesta segunda-feira em um terremoto de 6,7 graus de magnitude que abalou o nordeste da Índia, perto da fronteira com Mianmar e Bangladesh, provocando cenas de pânico nas ruas.

“Confirmamos a morte de cinco pessoas e 33 feridos em Imphal”, a cidade indiana mais próxima ao epicentro do tremor, afirmou Anurag Gupta, da Autoridade Nacional de Gestão de Desastres.

Três pessoas faleceram em Bangladesh, vítimas de ataques cardíacos ou derrames após o terremoto.

O tremor provocou danos em vários imóveis de Imphal, capital do estado de Manipur.

Um funcionário de um dos principais hospitais de Imphal afirmou que mais de 50 pessoas foram internadas após o terremoto, com ferimentos na cabeça e fracturas.

Deepak Shijagurumayum, morador de Imphal que teve a casa atingida, descreveu cenas de caos após o tremor.

“Quase todos estavam dormindo quando aconteceu e caíram de suas camas”, disse à AFP.

“As pessoas choravam e rezavam nas ruas. Muitos moradores ficaram nas ruas por várias horas, pelo temor de réplicas”, completou.

O tremor foi registado às 4h35 locais (21h05 de domingo em Brasília), 29 km ao noroeste de Imphal, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS).

Vários imóveis desabaram perto do epicentro e a energia eléctrica foi cortada na região.

Unidos ao restante do país por uma estreita faixa de terra, sete estados do nordeste da Índia estão situados em uma zona de frequente actividade sísmica. A zona fronteiriça está escassamente povoada no lado de Mianmar. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA