Televisões ultra-finas disputam coroa no CES

(AFP)

A batalha pela coroa do grande salão de electrónicos CES em Las Vegas começou nesta terça-feira quando a LG apresentou um novo modelo que não tem nem a espessura de quatro cartões de crédito empilhados.

A gigante sul-coreana abriu um agitado dia de conferencias de imprensa no CES (Consumer Electronics Show) com uma linha que inclui um televisor OLED Signature que oferece “literalmente uma imagem sobre vidro”.

Com seus 2,57 mm de espessura, o painel tem uma medida inédita, disse o vice-presidente de mercado David VanderWaal durante a apresentação do produto.

Os pixeis de OLED emitem sua própria luz, enquanto os pixeis de dos televisores LCD são iluminados por uma luz de fundo.

As telas OLED reivindicam ter pretos mais intensos, o que permite uma maior gama de cores do que nas telas LCD. Também devem ser mais caras.

Mas os televisores LCD continuam dominando o mercado com tamanhos cada vez maiores, segundo a associação norte-americana de tecnologias para o grande público (CTA), que organiza a feira electrónica que começa oficialmente nesta quarta.

Espera-se que um de cada cinco televisores vendidos este ano tenha mais de 50 polegadas diagonais ou mais e mostre uma imagem em ultra alta-definição ou 4K.

Analistas entrevistados pela AFP consideram que a popularização de televisores 4K se acelerará este ano à medida em que os preços se ponham ao alcance de mais consumidores.

Depois, o fabricante líder Samsung revelou uma nova linha de televisores LCD de ultra alta-definição que, além de jogar e ver vídeos por streaming, servem como centros de comando para os aparatos conectados do lar, como fechaduras, termostatos, luzes e electrodomésticos. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA